Começando

Hi, we've recently migrated our docs and added some new pages. If you would like to help translate this page, see the "Edit this page" link at the bottom of the page.

A instalação do asdf envolve:

  1. Instalar as dependências
  2. Instalar o núcleo do asdf
  3. Adicionar o asdf ao seu shell
  4. Instalar um plugin para cada ferramenta que você gostaria de gerenciar
  5. Instalar uma versão desta ferramenta
  6. Definir uma versão global e uma versão local através do arquivo de configuração .tool-versions

Você pode também acompanhar o passo a passo da instalação através deste vídeoopen in new window.

1. Instalando as dependências

Linux:

Gerenciador de PacotesComando
Aptitudesudo apt install curl git
DNFsudo dnf install curl git
Pacmansudo pacman -S curl git
Zyppersudo zypper install curl git

macOS:

Gerenciador de PacotesComando
HomebrewAs dependências serão automaticamente instaladas pelo Homebrew.
Spackspack install coreutils curl git

2. Instalando o asdf

Nós recomendamos a instalação através do Git, entretanto existem outros métodos específicos para algumas plataformas:

MétodoComando
Gitgit clone https://github.com/asdf-vm/asdf.git ~/.asdf --branch v0.8.1
Homebrewbrew install asdf
Pacmangit clone https://aur.archlinux.org/asdf-vm.git && cd asdf-vm && makepkg -si or use your preferred AUR helperopen in new window

3. Adicionando ao seu shell

Existem diversas combinações de shells, sistemas operacionais e métodos de instalação que podem impactar a configuração. Abaixo, expanda a seção que se adeque mais com o seu sistema:

Bash & Git

Adicione esta linha ao seu ~/.bashrc:

. $HOME/.asdf/asdf.sh
1

O auto completar deve ser configurado manualmente a partir da adição da seguinte linha ao .bashrc:

. $HOME/.asdf/completions/asdf.bash
1
Bash & Git (macOS)

Se você estiver usando o macOS Catalina ou mais recente, o shell padrão mudou para o ZSH. A não ser que você tenha voltado para o bash, siga as instruções de instalação para o ZSH.

Adicione esta linha ao seu ~/.bash_profile:

. $HOME/.asdf/asdf.sh
1

O auto completar deve ser configurado manualmente a partir da adição da seguinte linha ao .bash_profile:

. $HOME/.asdf/completions/asdf.bash
1
Bash & Homebrew (macOS)

Se você estiver usando o macOS Catalina ou mais recente, o shell padrão mudou para o ZSH. A não ser que você tenha voltado para o bash, siga as instruções de instalação para o ZSH.

Adicione asdf.sh ao ~/.bash_profile através do comando:

echo -e "\n. $(brew --prefix asdf)/asdf.sh" >> ~/.bash_profile

O auto completar deve ser configurado seguindo as instruções da Homebrewopen in new window, ou as seguintes:

echo -e "\n. $(brew --prefix asdf)/etc/bash_completion.d/asdf.bash" >> ~/.bash_profile
Bash & Pacman

Adicione a seguinte linha ao seu ~/.bashrc:

. /opt/asdf-vm/asdf.sh
1

O pacote bash-completionopen in new window precisa ser instalado para o auto completar funcionar.

Fish & Git

Adicione a seguinte linha ao seu ~/.config/fish/config.fish:

source ~/.asdf/asdf.fish
1

O auto completar deve ser configurado manualmente através do seguinte comando:

mkdir -p ~/.config/fish/completions; and ln -s ~/.asdf/completions/asdf.fish ~/.config/fish/completions
Fish & Homebrew

Adicione asdf.fish ao seu ~/.config/fish/config.fish através do comando:

echo -e "\nsource "(brew --prefix asdf)"/asdf.fish" >> ~/.config/fish/config.fish

O auto completar é configurado pela Homebrew para o fish shellopen in new window.

Fish & Pacman

Adicione a seguinte linha ao seu ~/.config/fish/config.fish:

source /opt/asdf-vm/asdf.fish
1

O auto completar é configurado automaticamente durante a instalação do pacote AUR.

ZSH & Git

Adicione a seguinte linha ao seu ~/.zshrc:

. $HOME/.asdf/asdf.sh
1

OU utilize um framework para ZSH, como asdf para oh-my-zshopen in new window que irá adicionar o script e o auto completar.

O auto completar pode ser configurado ou pelo plugin do asdf para framework para ZSH, ou através da adição das seguintes linhas ao seu .zshrc:

# append completions to fpath
fpath=(${ASDF_DIR}/completions $fpath)
# initialise completions with ZSH's compinit
autoload -Uz compinit && compinit
1
2
3
4
  • Se você está utilizando uma configuração compinit customizada, garanta que compinit esteja abaixo chamada asdf.sh
  • Se você está utilizando uma configuração compinit customizada com um framework para ZSH, garanta que compinit esteja abaixo da chamada do framework.

Aviso

Se você está utilizando um framework para ZSH, o plugin do asdf pode precisar ser atualizado para utilização adequada do novo auto completar do ZSH através do fpath. O plugin do asdf para o oh-my-zsh ainda não foi atualizado, veja: ohmyzsh/ohmyzsh#8837open in new window.

ZSH & Homebrew

Adicione asdf.sh ao seu ~/.zshrc através do comando:

echo -e "\n. $(brew --prefix asdf)/asdf.sh" >> ${ZDOTDIR:-~}/.zshrc
1

OU utilize um framework para ZSH, como asdf para oh-my-zshopen in new window que irá adicionar o script e o auto completar.

O auto completar pode ser configurado ou pelo framework para ZSH, ou de acordo com as instruções da Homebrewopen in new window. Se você está usando um framework para ZSH, pode ser que seja necessário atualizar o plugin do asdf para que o novo auto completar funcione adequadamente através do fpath. O plugin do asdf para o Oh-My-ZSH ainda será atualizado, veja: ohmyzsh/ohmyzsh#8837open in new window.

ZSH & Pacman

Adicione a seguinte linha ao seu ~/.zshrc:

. /opt/asdf-vm/asdf.sh
1

O auto completar é colocado em um local familiar para o ZSH, mas o ZSH deve ser configurado para conseguir utilizá-loopen in new window.

Os scripts do asdf precisam ser chamados depois de ter configurado a sua variável $PATH e depois de ter chamado o seu framework para ZSH (oh-my-zsh etc).

Reinicie seu shell para que as mudanças na variável PATH tenham efeito. Abrir uma nova janela/sessão de terminal o fará.

4. Instalando um plugin

Para demonstração, vamos instalar e configurar o Node.jsopen in new window através do plugin asdf-nodejsopen in new window.

Dependências dos plugins

Cada plugin possui algumas dependências, por isso precisamos checar no repositório onde elas estão listadas. Por exemplo, para o asdf-nodejs são:

SOInstalação de dependencia
Linux (Debian)apt-get install dirmngr gpg curl gawk
macOSbrew install gpg gawk

Devemos instalar instalar as dependências primeiro, pois alguns plugins exigem algumas ações após a instalação.

Instalando o plugin

asdf plugin add nodejs https://github.com/asdf-vm/asdf-nodejs.git

5. Instalando uma versão

Agora temos o plugin para o Node.js, nós podemos instalar uma versão desta ferramenta.

Podemos ver quais versões tão disponíveis através do comando asdf list all nodejs, ou uma lista específica de versões com asdf list all nodejs 14

Vamos instalar somente a última versão disponível, utilizando a tag latest:

asdf install nodejs latest

Nota

asdf exige versões exatas. A palavra latest resulta na instalação da versão atual na data da execução.

6. Definindo uma versão

asdf executa uma verificação das versões das ferramentas a serem utilizadas através do arquivo .tool-versions presente desde diretório atual, até o diretório $HOME. A varredura ocorre no momento em que você executa uma ferramenta que o asdf gerencia.

WARNING

Se uma versão não for especificada para uma ferramenta, ao executá-la resultará em erro. asdf current mostrará a ferramenta e sua versão, ou então a falta dela no seu diretório atual para que você possa observar quais ferramentas falharão ao serem executadas.

Versões globais

Os padrões globais são gerenciados em $HOME/.tool-versions. Defina uma versão global através do comando:

asdf global nodejs latest

$HOME/.tool-versions ficará assim:

nodejs 16.5.0
1

Alguns sistemas operacionais vêm por padrão com ferramentas que são gerenciadas pelo próprio sistema e não pelo asdf, python é um exemplo. Você precisa indicar para o asdf para devolver o gerenciamento para o sistema. A seção de referência de versões irá guiá-lo.

Versões locais

Versões locais são definidas no arquivo $PWD/.tool-versions (seu diretório atual). Geralmente, será um repositório Git para um projeto. Quando estiver no diretório desejado, execute:

asdf local nodejs latest

$PWD/.tool-versions ficará assim:

nodejs 16.5.0
1

Usando arquivos de versão existentes

asdf suporta a migração de arquivos de versão provenientes de outros gerenciadores de versão. Por exemplo: .ruby-version para o rbenv. Essa funcionalidade é baseada no plugin de cada ferramenta.

O asdf-nodejsopen in new window suporta tanto arquivos .nvmrc quanto .node-version. Para ativar essa funcionalidade, adicione a seguinte linha ao seu arquivo de configuração do asdf - $HOME/.asdfrc:

legacy_version_file = yes
1

Veja a página de refencia da configuração para mais opções de configuração.

Setup finalizado!

A configuração inicial do asdf foi finalizada 🎉. Agora, você pode gerenciar versões do nodejs para o seus projetos. Siga passos semelhantes para cada ferramenta do seu projeto.

O asdf possui diversos outros comandos para se acustomar ainda, você pode ver todos eles através do comando asdf --help ou simplesmente asdf. Eles estão divididos em três categorias: